leia matéria completa aqui:

http://www.jornalja.com.br/iab-rs-quer-anular-licencas-ambientais-do-projeto-cais-maua/

Anúncios

podcast com as falas do Debate Público sobre o Cais do Porto no MPF

Boa parte da população desconhece o projeto em curso para o Cais do Porto de Porto Alegre, até porque ele, ao contrário do que sustentam os seus apoiadores, não foi realmente debatido com a cidade.

E desde a aprovação já houve tantas mudanças que fica mesmo difícil de acompanhar.  Cada vez que o assunto vem a público, há uma nova alteração. Sabemos que houve inclusive alterações depois de ter sido aprovado o EIA-RIMA, o que é no mínimo estranho.

Pensando em esclarecer alguns aspectos importantes do projeto, envolvendo a própria questão da área do cais, sua relevância histórica, simbólica e arquitetônica, seu entorno, a região central da cidade e ainda o impacto ambiental, a questão da mobilidade e as irregularidades já apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público Federal convidou a AMACAIS para participar de um debate público.

O debate aconteceu no dia 19 de maio de 2017 no Ministério Público Federal. Falaram na ocasião, o procurador regional Domingos Silveira, anfitrião do encontro, a promotora Ana Maria Marchesan, o professor (História – UFRGS) e vice-presidente da AMACAIS, Francisco Marshall, o arquiteto (diretoria da AMACAIS), Cristiano Kunze, o arquiteto urbanista, especialista em mobilidade, Emilio Merino, o sociólogo e professor (Arquitetura – UFRGS) Eber Marzulo, o advogado Silvio Jardim e o presidente do IAB, Rafael Passos.

As falas podem ser ouvidas em podcast aqui:

Francisco Marshall – http://www.radioeletrica.com/blog/2017/05/25/debate-publico-sobre-cais-do-porto-no-mpf-19-05-17-fala-de-francisco-marshall/

Emílio Merino – http://www.radioeletrica.com/blog/2017/05/25/debate-publico-sobre-cais-do-porto-no-mpf-19-05-17-fala-de-emilio-merino/

Cristiano Kunze – Eber Marzulo – http://www.radioeletrica.com/blog/2017/05/25/debate-publico-sobre-cais-do-porto-no-mpf-19-05-17-falas-de-cristiano-kunze-e-eber-marzulo/

Ana Maria Marchesan – Rafael Passos – http://www.radioeletrica.com/blog/2017/05/25/debate-publico-sobre-cais-do-porto-no-mpf-19-05-17-falas-de-ana-maria-marchesan-e-rafael-passos/

A íntegra do debate, com imagens, pode ser acessada aqui: https://www.pscp.tv/w/1BdGYvVgAjgJX

 

 

Dissertação de mestrado em antropologia analisa o caso do Cais do Porto

Um porto em contradição : memória política, engajamento e revitalização urbana na proposta de requalificação do Cais Mauá em Porto Alegre-RS

Autor:  José Luis Abalos Junior

“Recentemente o Cais Mauá, antigo porto da cidade Porto Alegre/RS, teve um projeto de revitalização aprovado nas múltiplas instâncias administrativas da burocracia do estado e encaminha-se para ser implementado em 2017. Busco demonstrar no decorrer deste trabalho que a ideia de um “reestabelecimento de uma relação dos habitantes da cidade com o porto”, apontada pelo empreendimento responsável pela revitalização, não é consensual. Ela aglutina inúmeras contradições políticas que procurei acompanhar etnograficamente através do contato consentido com coletivos de ativismo urbano. Realizando uma antropologia dos processos de contradição que se relacionam aspectos sócio-históricos, paisagísticos e econômicos proponho demonstrar o quanto transformações urbanas na cidade, especificamente as ligadas à área portuária porto alegrense, estão vinculadas a uma memória política. Através das narrativas de meus interlocutores e de pesquisas em acervo pude perceber que os projetos de (re)qualificação para o Cais Mauá são tão históricos quanto as suas resistências. Com decadência das atividades portuárias na década de oitenta, ativistas, gestores de políticas e planejadores urbanos sonharam desenvolvimentos diferenciados para a região. Neste sentido a resistência à revitalização do Cais Mauá emerge não só como o estabelecimento de planos, projetos e propostas alternativas, mas como um confronto de modelos de cidade no século XXI.”

 

UFRGS – Antropologia Social – 2017

https://www.dropbox.com/home?preview=Jose+Luis+Abalos+Junior.pdf

debate público sobre o cais – sexta, 19

Debate Público sobre o Cais Mauá no MPF no dia 19/05, das 14 às 18h.“Debate Público sobre as parcerias Público-Privadas para o Cais Mauá em Porto Alegre/RS”.

Organização: Núcleo de Apoio Operacional à Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (NAOP-PFDC) na 4ª Região – MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

Debatedores/Entidades Convidado(a)s:

Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (Núcleo de Apoio à PFDC – NAOP) Ministério Público Federal

Representante da 4ª Câmara de Coordenação e Revisão

Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão – PRDC/RS

Associação Amigos do Cais Mauá – AMACAIS

Instituto dos Arquitetos do Brasil – Seção RS

 

debatedores convidados pela AMACAIS:

– Eber Marzulo (professor Arquitetura UFRGS)

– Beto Moesch (advogado e consultor em meio ambiente, professor de Direito Ambiental na Faculdade Dom Bosco)

– Cristiano Kunze (arquiteto, AMACAIS)

– Silvio Jardim (advogado, AGAPAN)

– Rafael Passos (arquiteto, IAB)

– Francisco Marshall (professor História UFRGS)

– Emilio Merino (urbanista, especialista em mobilidade, AMACAIS)

 

Data: 19 de maio de 2017 (sexta-feira)

Horário: das 14 às 18 horas

Local: Auditório da Procuradoria Regional da República da 4ª Região –

Ministério Público Federal

Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 800 – Bairro Praia de Belas

Porto Alegre/RS

Lançamento da AMACAIS

A reação da sociedade civil organizada diante das impropriedades da atual proposta para o Cais Mauá visando à realização de um projeto com alta qualidade para a revitalização desta área preciosa da cidade, tem agora uma instituição que a representa e realiza as discussões e sua agenda pública: a AMACAIS – Associação Amigos do Cais Mauá de Porto Alegre.

A AMACAIS será lançada neste dia 5 de abril, quarta-feira, às 15 horas, no StudioClio, reunindo sua diretoria e conselho, além de autoridades e personalidades representativas da sociedade civil.

Na ocasião serão conhecidos encaminhamentos e primeiros expedientes do novo estágio de atuação do movimento cidadão, agora investido de personalidade jurídica, em defesa da revitalização com qualidade do Cais Mauá, mediante amplo debate público, transparência e legalidade, em harmonia com os princípios do urbanismo contemporâneo e as demandas reais da cidade.

Participe! Sua presença é importante!

O quê: Lançamento AMACAIS

Quando: 5 de abril – Quarta-feira – 15 horas

Onde: StudioClio – Rua José do Patrocínio, 698 – Cidade Baixa